Como acelerar o processo de reabilitação de uma lesão? - KinesioSport

Como acelerar o processo de reabilitação de uma lesão?

As lesões, musculares ou não, podem causar diversas dificuldades e incômodos no cotidiano. O problema é que nem sempre dá para evitá-las. Elas acontecem na prática de atividade física, durante o trabalho ou mesmo em um movimento brusco. Então, é essencial conhecer o processo de reabilitação.

Ao entender como tudo acontece na etapa de recuperação, fica fácil descobrir o que fazer para acelerá-la. Isso permite que você retorne às suas atividades em menos tempo e com os músculos novinhos em folha.

Quer desvendar como acelerar o processo de reabilitação? Continue a leitura e saiba mais!

Quais são os tipos de lesões e seus tempos de recuperação?

Pode parecer que lesão é tudo igual, mas isso não é verdade. Há diversas “modalidades” desse problema e cada um tem seu tempo de recuperação. Mesmo as lesões musculares aparecem em vários níveis de gravidade.

Para entender como acelerar o processo, veja quais são os principais tipos e descubra como acontecem.

Inflamação de músculos e de tendões

Depois que os músculos passam por algum esforço, é comum que eles sofram microlesões. Diante da necessidade de se recuperar, há um processo inflamatório responsável por reparar as fibras. Apesar de ser normal, o problema pode se agravar, dependendo do nível de esforço. Quanto maior é a inflamação, maior é o incômodo.

Já a tendinite é o famoso nome da inflamação dos tendões — as estruturas que ligam os músculos aos ossos. Dependendo do nível, esse quadro tem um tempo variável de recuperação.

Uma inflamação muscular leve pode levar algo como 24 a 72 horas para ser aliviada. Já uma tendinite aguda demora até 6 semanas.

Rompimento

A ruptura ou o rompimento de fibras musculares também tem o nome de estiramento. Ele acontece quando as fibras dos músculos chegam ao seu limite e “rasgam”, parcial ou totalmente. Em casos graves, ocorre nos tendões, como os dos joelhos.

Quanto mais intensa for a ruptura, maior é o tempo de recuperação. Uma ruptura de grau 1 leva, em média, 2 semanas até a reabilitação. Uma de grau 3, por outro lado, exige de 6 a 12 meses.

Luxação

A luxação, normalmente, acontece nas articulações ou ossos. Ela é caracterizada por um deslocamento súbito de uma estrutura, o que pode ser parcial ou total. Os músculos também são afetados, especialmente quando o problema aparece em um tendão.

O tempo de recuperação depende do grau e do local onde ocorreu. Casos menos graves levam à necessidade de imobilização de 1 a 3 semanas. Os mais graves podem demorar até 12 semanas para a recuperação total.

Como estimular a região para acelerar o processo de reabilitação?

Cada caso é único, mas nas situações menos intensas é possível agir para acelerar a recuperação. Com as ações certas, a área machucada é estimulada a sarar com maior rapidez.

Para conseguir o efeito adequado, entretanto, é sempre importante procurar a orientação de um médico. Ele orienta as indicações de tratamento e, então, é possível definir os meios de aceleração. A seguir, veja como diminuir o tempo de recuperação.

Faça repouso logo após a lesão

Logo após a lesão, é comum que o organismo ainda esteja muito sensível. Forçar a área nesse momento só aumenta o risco de tornar a lesão mais grave, além de gerar um incômodo ampliado.

Então, o ideal é descansar após a lesão — até mesmo com o objetivo de evitar a piora do problema. Dependendo do quadro, é recomendado usar bolsas de gelo para aliviar o inchaço e a dor.

Comece o processo de fortalecimento

Depois que o profissional especialista liberar, é possível voltar à ativa aos poucos. No caso de uma lesão leve no joelho, isso significa movimentar a área devagar com o passar dos dias.

A medida serve para fortalecer os músculos e impedir o comprometimento da mobilidade. O ideal é dar início a essa etapa assim que houver um alívio da dor e a liberação médica.

Use bandagens elásticas adesivas

As duas medidas anteriores fazem parte de qualquer tratamento de lesão. Em muitos casos, elas aceleram o processo de reabilitação, mas sem grandes impactos.

Para mudar esse jogo, é válido utilizar bandagens elásticas adesivas. Elas têm atuação terapêutica e ajudam, por exemplo, a melhorar a circulação e a diminuir o inchaço. Com isso, aliviam as dores e auxiliam na recuperação de processos inflamatórios.

Quando corretamente aplicadas às articulações, podem também evitar que movimentos bruscos agravem o quadro de lesão. Como ajudam no posicionamento adequado dos músculos, tendões e articulações, favorecem a recuperação.

Em situações graves que exigem fisioterapia, as bandagens servem como uma ferramenta eficaz na aceleração do processo de reabilitação, além de promover confiança na retomada dos movimentos e alívio das dores causadas pela lesão.

Como e por que aplicá-las?

O funcionamento das bandagens elásticas adesivas é bem simples. Quando são colocadas do jeito certo, ajudam a exercer a tensão adequada nas áreas, estimulando a circulação e o processo de reabilitação. Também trazem suporte para melhorar a postura, como na lombar, por exemplo. Para completar, como visto, evitam o agravamento da lesão em questão.

Para que tudo isso seja obtido é essencial aplicá-las do jeito certo. É fundamental seguir a direção adequada dos músculos, além de exercer a tensão indicada para cada caso.

A etapa não é difícil, mas, na ocorrência de tratamento de lesões, é melhor contar com um profissional da área. Ele sabe reconhecer as necessidades principais e posicioná-las da melhor maneira.

Além de tudo, é indispensável que o produto seja aplicado de forma regular. Não basta usar uma vez e achar que somente isso é suficiente para acelerar a reabilitação. O ideal é seguir o tempo recomendado de aplicação das bandagens e fazer o uso de maneira constante.

O processo de reabilitação de uma lesão pode ser acelerado com as medidas certas. A aplicação das bandagens elásticas adesivas, quando administrada da forma correta, garante um excelente resultado e uma proteção extra para a área afetada.

Para comprar bandagens de qualidade, conheça a loja da Kinesiosport e comprove os seus benefícios!