Cuidados com a saúde das mulheres na pandemia - KinesioSport

Cuidados com a saúde das mulheres na pandemia

Em 8 de março, celebra-se o Dia Internacional da Mulher. Esse dia ressalta a importância da mulher na sociedade e sua história de luta por direitos. No cenário atual, de isolamento social, é cada vez mais importante olharmos para a saúde das mulheres. Isso porque elas são as mais afetadas nesse período. Veja aqui algumas formas de continuar cuidando da saúde das mulheres na pandemia.

Origem do Dia Internacional da Mulher

Existem algumas teorias para a origem dessa data. Alguns associam o surgimento do dia com a greve das mulheres trabalhadoras de Nova York.  Em 1911, um incêndio ocorrido na fábrica da Triangle Shirtwaist Company vitimou centenas de pessoas. Muitas mulheres estavam entre as vítimas.

Outras pessoas indicam que a data tenha surgido a partir da Revolução Russa de 1917, já que essa época foi marcada por diversas manifestações e reivindicações das mulheres operárias. Uma das mobilizações mais importantes desse período aconteceu em 8 de março de 1917.

Nesse dia, cerca de 90 mil operárias russas percorreram as ruas reivindicando melhores condições de trabalho e de vida. Elas também se manifestavam contra as ações do Czar Nicolau II. Além disso, as manifestantes lutavam ainda contra a fome e a Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Esse evento ficou conhecido como “Pão e Paz”.

Finalmente, em 1975, a Organização das Nações Unidas (ONU) institui o Dia Internacional da Mulher. E as mulheres do mundo todo empreendem ações em prol da conscientização da sociedade desde então. Elas lutam também para diminuir as desigualdades sociais e econômicas entre os gêneros.

Sobrecarga feminina

Mesmo que muito tempo tenha passado desde o início do movimento que deu origem ao Dia Internacional da Mulher, algumas coisas não mudaram. As desigualdades ainda existem e, durante a pandemia, são bastante evidentes.

Há um ano, todos fomos orientados a ficar em casa para preservarmos a nossa saúde e a do próximo. Com isso, a saúde mental de algumas mulheres se agravou. A maioria das mulheres “abraçou” muitas atividades ao mesmo tempo, como cuidar da casa, do trabalho e dos filhos. Assim, a divisão entre os papéis de mãe, profissional e mulher, que antes era marcada pela troca de ambientes, agora está confusa. Isso é uma verdade, principalmente, para quem fica em casa o tempo todo.

Muitas pessoas usam o termo “guerreira” para se referir às mulheres. Porém, em alguns casos, a melhor definição é “sobrecarregada”. Isso porque, ainda hoje, os parceiros não querem assumir sua responsabilidade com o lar, e tudo acaba recaindo sobre a mulher. Em outros casos, as mulheres se viram sozinhas, trabalhando para sustentar o lar e cuidando dos filhos, por exemplo.

Saúde da mulher em tempos de pandemia

A saúde física e mental de muitas mulheres foi afetada pela pandemia. Uma pesquisa mostra que as mulheres têm tido mais sentimentos como estresse e medo nesse período. Realizado pelo Ipsos, um instituto de pesquisa de mercado, o levantamento entrevistou 3.500 pessoas dos países do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido) de forma online. Além disso, as mulheres relatam mais sensação de desamparo do que os homens desde o início da pandemia.

Continue cuidando de si

Saber como anda a sua saúde é fundamental, mesmo diante do cenário pandêmico. Por isso, lembre-se de fazer revisões ginecológicas e exames de sangue anualmente, além de investigar qualquer sensação anormal nesse intervalo. Outras atitudes, como cuidar da alimentação, praticar exercícios regularmente e ter o seu espaço de lazer, por exemplo, podem ser positivas.

Saúde mental também é importante

Além do corpo físico, cuidar da saúde mental também é necessário. Separar um tempo do dia ou da semana para si mesma, cultivar sentimentos de cuidado e amor consigo e procurar “se mimar” pode ajudar. Use um tempo para ler, assistir a um filme, comer algo que gosta, ou até mesmo para ficar sem fazer nada, por exemplo, pode ser muito útil. Manter contato com as amigas, mesmo que online, também pode ser bom.

Lembre-se sempre que você também deve ser uma prioridade. A saúde das mulheres na pandemia tem sido muito afetada, e cada pequeno cuidado importa para o seu bem-estar físico e mental. Feliz Dia Internacional da Mulher!