Descubra como lidar com o corpo inchado durante a gravidez - KinesioSport

Descubra como lidar com o corpo inchado durante a gravidez

Dentre as queixas mais comuns das gestantes, uma das principais é o corpo inchado, também chamado de edema. A boa notícia é que esse não é um problema grave e capaz de afetar a saúde da mãe ou do bebê. No entanto, ele pode incomodar muito, causando desconforto durante a gestação, sendo essencial saber como contorná-lo para se sentir melhor.

Geralmente ele é causado pela retenção de líquidos, que aumenta devido às mudanças no corpo da mulher, especialmente a partir do quarto mês de gestação. Mas também pode ser ocasionado pela pressão que o bebê faz em algumas veias, o que dificulta a circulação sanguínea nos membros inferiores e causa o inchaço nas pernas, tornozelos e pés.

Quer saber o que fazer para reduzir o inchaço do corpo e ter uma gravidez ainda melhor? Continue acompanhando a leitura para conferir!

Mantenha uma constante ingestão de líquidos

Muitas vezes, a desidratação é uma das principais causas do inchaço, pois a falta de água desequilibra a quantidade de fluidos dentro do corpo, causando a retenção de líquidos. Daí a importância de manter uma ingestão constante de água, além de tomar cuidado com a alimentação, evitando o excesso de sal e de alimentos gordurosos e condimentados.

Use sapatos adequados

Usar sapatos adequados é importante em qualquer momento da vida, porque eles reduzem o impacto do chão nos pés e nas articulações. Mas, durante a gestação, esse é um cuidado ainda mais essencial, pois ajuda a dar conforto ao caminhar, mesmo com o corpo inchado. Além de evitar prender a circulação, o que causa aquelas marcas de sandálias apertadas e dores nas pernas.

Deite em determinadas posições

Como vimos, o inchaço durante a gravidez também pode ser causado pela má circulação sanguínea devido à pressão que o útero e o bebê fazem nas veias. Nesse caso, experimente colocar os pés para cima quando estiver deitada.

É importante que eles fiquem em uma altura superior à do seu coração, para que o sangue flua com mais facilidade dos pés e pernas para todo o corpo. Outra dica é deitar de lado, assim o útero deixa de fazer tanta pressão sobre as veias, reduzindo a sensação de inchaço e desconforto.

Pratique atividades físicas leves

Uma das maneiras mais eficazes e saudáveis de diminuir o inchaço é com a prática de exercícios físicos, afinal, eles favorecem a circulação sanguínea de todo o corpo durante as atividades. Sem falar nos outros muitos benefícios que os esportes tem para a qualidade de vida, como a redução de dores, maior disposição, flexibilidade, etc. Mas não se esqueça de ter orientação de um profissional qualificado e de praticar atividades mais leves, que não causem desconforto.

Recorra a drenagem linfática se necessário

Caso os métodos citados não tenham um efeito tão impactante, especialmente no final da gravidez, quando os edemas estão mais intensos, você pode recorrer à drenagem linfática. Essa é uma técnica de massagem utilizada para movimentar os fluidos do corpo, tendo como resultado a promoção da circulação sanguínea e redução da retenção de líquidos.

A bandagem KinesioSport é uma excelente aliada para drenagem de edemas, principalmente nos pés, uma região muito afetada entre as gestantes. Clicando aqui, você confere o passo-a-passo da aplicação para edemas e hematomas. Além disso, as bandagens elásticas ainda podem ser usadas para aliviar o peso e lombalgias. Isso, porque ela criam uma elevação na pele que melhora a circulação local, alivia dores e suporta músculos e articulações .

Essas foram algumas dicas de como amenizar o corpo inchado durante a gestação. Contudo, fique atenta a edemas estranhos. Por exemplo, se você sentir o corpo inchando de uma hora para outra, e não apenas nos pés e tornozelos, mas também no rosto e mãos. Caso note qualquer situação incomum, procure seu médico imediatamente, para garantir um diagnóstico apropriado.

Esse post ajudou você a saber como aliviar o inchaço indesejado? Então, aproveite para descobrir também quais são as atividades físicas mais indicadas para gestantes!