Funcionamento do metabolismo só diminui após os 60 anos  - KinesioSport

Funcionamento do metabolismo só diminui após os 60 anos 

Você provavelmente já disse, ou já ouviu alguém falando, que após os 30 anos fica mais difícil emagrecer. E é comum também afirmarmos que isso se deve ao funcionamento do metabolismo. Mas, de acordo com um estudo publicado pela revista Science, isso não é exatamente uma verdade.

O que a ciência diz

O estudo em questão fala que o funcionamento do metabolismo se mantém quase o mesmo entre os 20 e 60 anos. De acordo com o professor do departamento de fisiologia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB-USP), William Festuccia, é errada a ideia que se tinha até então de que haveria redução do gasto energético conforme a idade.

“Acreditava-se que, por volta da meia-idade, as pessoas tinham a tendência de ganhar peso devido a uma redução do gasto energético basal, aquele que usamos para nos manter vivos. Mas esse estudo aponta que estávamos errados”, explica.  

Análise  

Os cientistas do Pennington Biomedical Research Center (PB), nos Estados Unidos, analisaram a queima média de calorias no dia a dia de aproximadamente 6 mil pessoas. Os participantes do estudo têm entre uma semana de vida até 95 anos, e são de 29 países diferentes. Segundo a instituição, a maior parte de pesquisas anteriores avaliava o gasto de energia a partir de funções como respirar, fazer a digestão e bombear o sangue. Mas essas tarefas vitais representam apenas de 50 a 70% das calorias queimadas durante o dia. Ou seja, os trabalhos não levavam em conta atividades como lavar louça, se movimentar e, até, pensar.  

“Nesse trabalho, para medir o gasto energético, foi utilizado um método em que a água é marcada com hidrogênio e oxigênio. O participante consome o líquido e os pesquisadores acompanham a velocidade de eliminação dessas substâncias pelo corpo através do exame de urina”, aponta Festuccia. 

Curiosidades  

Além disso, os cientistas perceberam que os bebês são os únicos que atingem o pico metabólico. Por exemplo, com 1 ano, eles queimam calorias 50% mais rápido do que os adultos, se for considerado o tamanho do corpo. 

De acordo com o estudo, o metabolismo desacelera em aproximadamente 3% anualmente até os 20 anos. Outra curiosidade analisada foi que as necessidades calóricas não disparam na adolescência, como se imaginava. Além disso, o estudo afirma que, após os 60 anos, o funcionamento do metabolismo cai apenas 0,7% ao ano.

Ainda, segundo o professor William Festuccia, não é correto chamar o metabolismo de “lento”. “Dizer isso é afirmar que existe uma redução da velocidade metabólica, e isso não acontece. As reações enzimáticas continuam as mesmas, e não diminuem com o envelhecimento. O que muda é a discrepância entre os que se come e a quantidade de energia que se perde ao longo dos anos”, esclarece Festuccia. 

E você, se sente melhor após saber que o funcionamento do metabolismo não fica mais lento após os 30 anos?