Lesões no MMA e tratamento com bandagem KinesioSport - KinesioSport

Lesões no MMA e tratamento com bandagem KinesioSport

As bandagens elásticas adesivas KinesioSport® são conhecidas por auxiliar em diversas modalidades esportivas – desde a prevenção de lesões, alívio de dores, além de ajudar a obter um melhor desempenho. Esse post é o sétimo de uma série apresentada por Paulo Anchite, fisioterapeuta do esporte no Club de Regatas Vasco da Gama e fisioterapeuta intensivista do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. Estes artigos trazem informações sobre lesões no esporte e como a bandagem elástica pode ajudar na recuperação e prevenção desses problemas.

História do MMA

Neste post, falaremos um pouco sobre a história do MMA (artes marciais mistas), suas lesões e como as bandagens elásticas e rígidas se encaixam no tratamento. 

Ao contrário do que muitos acreditam, o que hoje é conhecido por MMA não surgiu na década de noventa com a criação do UFC. Foi na década de trinta, quando Carlos Gracie  começou a promover confrontos entre lutadores de jiu-jitsu (seus alunos) e atletas praticantes de outras artes marciais com objetivo de tornar a chamada ” arte suave ” mais popular.

O jiu-jitsu brasileiro (também conhecido como jiu jitsu Gracie) por eles praticado é diferente da arte marcial original. Enquanto o brasileiro é baseada em técnicas de chão, a que se originou na Índia, com os monges budistas e se popularizou no Japão, abrange também técnicas de luta em pé.

Após algumas décadas, em 1993, Rorion Gracie organizou o primeiro evento da organização de MMA mais popular atualmente. Assim, o UFC tinha como objetivo descobrir qual era a melhor arte marcial. Nele, participavam lutadores de sumô, kickboxing, wrestling, karatê , jiu-jitsu e etc. Embora houvessem regras, como por exemplo, não ser permitido morder ou puxar cabelo, os atletas se machucavam com bastante gravidade. Alguns, inclusive, chegando a perder alguns dentes no octógono.

O MMA hoje 

Hoje em dia os atletas fazem uso de equipamentos de proteção, como luvas e protetor bucal. Uma novidade ainda recente também são as lutas femininas de altíssimo nível.

Atualmente, as lesões são diferentes. Os atletas são mais qualificados tecnicamente, as regras evoluíram e o material de proteção é obrigatório. 

As lesões articulares são muito comuns nos dias de hoje.  As alavancas em articulações, como joelho, cotovelo e tornozelo fazem parte do repertório dos lutadores da arte suave.

As lesões traumáticas são praticamente direcionadas à face. Principalmente, com fraturas no nariz e fratura do osso zigomático – devido a sua anatomia e morfologia.

Já em relação às lesões por desgaste, podemos encontrar principalmente as musculares e os estiramentos em membros inferiores, que são os mais comuns devido aos golpes diretos.

Tratamento das lesões do MMA com KinesioSport 

Como fisioterapeuta, tive a honra de ajudar a tratar e reabilitar a guerreira Priscila Cachoeira (a Pedrita). Em sua estréia no UFC, a atleta teve a infelicidade de romper o ligamento cruzado anterior do seu joelho. Com muita eletroterapia, termoterapia, fortalecimento, alongamentos, movimentos proprioceptivos e cardio respiratórios, conseguimos reabilita-la em um período ótimo para voltar aos treinamentos.

Usamos bandagens KinesioSport antes e depois dos treinamentos para proteção do joelho operado e a partir deste mês usaremos a nova bandagem rígida para proteção de seus punhos na hora dos treinos mais duros e nas lutas oficiais.

Acompanhe mais dicas de saúde e bem-estar no nosso Instagram.

Clique aqui para conferir outros artigos do Blog KinesioSport.

Em caso de suspeita de lesões, procure ajuda médica.