Natação como esporte seguro na pandemia - KinesioSport

Natação como esporte seguro na pandemia

Diante das restrições impostas pela pandemia, inclusive nas atividades físicas, sobretudo em ambientes fechados, a natação pode ser uma aliada para a retomada dos exercícios.

O nadador olímpico César Cielo, defendeu em entrevista à CNN Brasil, que a piscina é um dos locais mais seguros que se pode estar para a prática de exercícios físicos. “A água é cheia de cloro, é um ambiente totalmente inóspito para qualquer tipo de bactéria e vírus. Se você quer um esporte mais saudável hoje, eu vou indicar a piscina – seguindo todos os critérios de segurança”, avalia.

De acordo com relatório feito pelo Conselho Superior de Pesquisas Científicas da Espanha, a pedido da Secretaria de Estado de Turismo, a água não é um ambiente amigável para o coronavírus, mas a aglomeração dentro dela tem o mesmo efeito percebido em qualquer outro lugar.

O relatório do órgão espanhol também cita um estudo recente sobre a ação de diferentes desinfetantes e antissépticos para eliminar o novo coronavírus e traz a concentração ideal para evitar a contaminação na água. “Pelos dados que temos, é possível pensar que as concentrações recomendadas de cloro livre na água da piscina (entre 1 e 3 mg por litro) seriam suficientes para a inativação do vírus e, portanto, suficiente para evitar os riscos de contaminação durante o banho”.

 

Dicas para se sentir seguro na piscina em tempos de pandemia

– Pratique o distanciamento antes e depois de entrar na água;

– Enquanto espera a sua vez de entrar na água use máscara e chinelo;

– Não compartilhe objetos, como toalha, touca, palmar, entre outros;

– Desinfete seus itens de natação assim que chegar em casa;

– O aconselhável é uma pessoa por raia, a não ser que morem na mesma casa.

 


Benefícios da natação

– Melhora a respiração;

– Ajuda a emagrecer;

– É uma atividade de baixo impacto;

– Trabalha diversos músculos;

– Auxilia no ganho de massa muscular;

– É aliada no tratamento de fibromialgia.

 

Gostou das dicas? Lembre-se que não adianta ir para a natação pensando que está imune e não praticar as diretrizes básicas de prevenção ao coronavírus, como higiene e distanciamento. Os locais e professores do esporte também devem limitar o número de alunos, obedecendo decretos municipais e ações básicas para evitar a propagação da doença. Todos queremos que tudo isso passe logo, mas também precisamos fazer a nossa parte!