Páscoa: saiba os benefícios do chocolate para a saúde - KinesioSport

Páscoa: saiba os benefícios do chocolate para a saúde

Com a chegada da Páscoa, iniciam aquelas especulações de qual será o chocolate mais saudável e quanto é possível comer para não passar dos limites. Além disso, você sabia que o alimento pode ser um aliado da saúde?

Os tipos são diversos: ao leite, amargo, meio amargo, diet, light. Acontece que o vilão pode ser você mesmo, na hora de exagerar na quantidade consumida.

Benefícios

A nutricionista clínica e esportiva funcional, Cristiane Coronel, em entrevista ao Estadão, disse que “os benefícios encontrados no chocolate como ação antioxidante, anti-inflamatória, vasodilatadora, estão associados ao teor de cacau e dos compostos fenólicos responsáveis pelo seu gostinho amargo”.

De acordo com a nutricionista, é possível obter benefícios em chocolates que contenham em sua composição a partir de 70% de cacau.

Além disso, o chocolate pode ajudar: controlar o colesterol, proteger o cérebro, atuar no bom funcionamento do coração, combater o envelhecimento precoce, promover bem-estar, entre outros benefícios.

Dicas para escolher a Páscoa ideal

– Escolha um chocolate que contenha 70% ou mais de cacau em sua composição;

– Leve o chocolate que tenha menor teor de açúcar. Ou seja, não compre aquele chocolate que tenha 70% cacau em sua composição, mas que o açúcar vem em primeiro lugar na lista de ingredientes;

– Se escolher ovos recheados, busque os que contenham castanhas e frutas secas em seu recheio.

–  Evite os que contenham gordura vegetal hidrogenada (Trans) ou gordura anidra de leite.

– Cuidado com aqueles nomes esquisitos de conservantes, fuja deles.

Quanto comer?

De acordo com o site Minuto Saudável, que traz um compilado de informações sobre saúde, não há uma quantidade definida para o consumo diário do chocolate. No entanto, especialistas indicam que 40g do alimento por dia é o adequado sem acarretar problemas de saúde ou o aumento do peso. 

Segundo o site Minha Vida, os flavonoides, especialmente a epicatequina, são as substâncias mais importantes do chocolate amargo. Elas estão presentes no pó da amêndoa do cacau e são um poderoso antioxidante, ou seja, agem combatendo os radicais livres presentes no organismo.

Além disso, os flavonoides irão diminuir os riscos de doenças cardiovasculares e de câncer, e podem baixar o colesterol ruim, LDL, e a pressão arterial. Da mesma forma, contribuem para diminuir as chances de derrames, melhoram a pele e protegem o cérebro.

E aí, gostou de saber os benefícios do seu doce tão amado? Tudo na vida é equilíbrio. E com o chocolate não seria diferente. Resumindo: consuma com moderação e sem culpa!


Feliz Páscoa!