Provas de corrida em casa são alternativas para atletas - KinesioSport

Provas de corrida em casa são alternativas para atletas

Com a pandemia de coronavírus, provas em todo o mundo foram adiadas e até canceladas. Inclusive alguns organizadores resolveram mudar a data para 2021, receosos que o “novo normal” demore mais que o esperado. Nesse cenário, as provas de corrida em casa têm sido alternativas para inúmeros atletas da modalidade que estão sedentos por conquistar uma medalha, vestir a camiseta do kit de participante e dar o melhor no pace (que dita o ritmo). 

De acordo com reportagem da Revista Isto É, estima-se que existam entre 5 e 11 milhões de corredores de rua no Brasil. Portanto, uma modalidade que não para de crescer.

Pensando em manter em movimento essa legião de atletas do Brasil inteiro, o Sesc do Rio Grande do Sul criou o “Circuito Sesc de Correr em Casa”. Trata-se de uma prova estacionária, que pode durar de 20 a 30 minutos, já que 20 minutos simbolizam 4 km e 30 minutos equivale a 10 km.

E o melhor de tudo é que as provas de corrida estacionárias podem ser feitas em qualquer lugar dentro de casa ou no pátio, assistindo a uma transmissão ao vivo com um orientador. Além disso, os participantes “visitam” 24 cidades que fazem parte do Circuito Sesc de Corridas de forma virtual e mantêm o treino em dia.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.sesc-rs.com.br/sesccorreremcasa, para quem quiser registrar presença e receber um selo de participação virtual. Pessoas que quiserem apenas participar das etapas, sem certificados, não necessitam de inscrição prévia.

O desafio dos organizadores de provas

Para manter o elo com os corredores, a maioria dos organizadores de provas de corrida estão realizando os eventos de formato virtual. Os kits da prova, contendo camiseta e número de peito por exemplo, são enviados por correio. Já o tempo da prova é acompanhado por aplicativo e assim computado o resultado. A medalha é recebida no conforto de casa e o pódio é imaginário, mas não deixa de ter o gostinho de vitória.

Vale lembrar que, em alguns casos, a corrida é na rua e devem ser obedecidos critérios como o distanciamento mínimo de dois metros entre cada pessoa e o uso de máscara. Se possível, procure correr em lugares com menor movimentação. Até lá, seguimos praticando a modalidade que amamos e competindo mesmo que seja do outro lado da tela.