Qual é a real importância do alongamento para evitar lesões nos exercícios? - KinesioSport

Qual é a real importância do alongamento para evitar lesões nos exercícios?

A maioria das pessoas sabe da importância do alongamento em um exercício físico, mas não entende o seu real significado. Por isso, muitas vezes ele ainda é negligenciado.

Alongar-se é promover a flexibilidade das fibras musculares e é extremamente importante para pessoas que praticam um esporte ou algum tipo de exercício desgastante, visto que eles contribuem para o aumento da tensão e de possíveis dores musculares.

Desse modo, o corpo responde com uma maior amplitude de movimentos e isso influencia diretamente a performance da pessoa, pois ajuda a evitar lesões, distensões e demais problemas que poderiam surgir em decorrência da má preparação dos músculos.

Por essa razão, fizemos este post para mostrar a importância de se alongar antes e depois de realizar exercícios físicos. Tem interesse em saber mais? Então, continue a leitura!

A importância do alongamento em atividades físicas

Os músculos têm propriedades particulares e a necessidade de serem estimulados frequentemente, seja estendendo ou relaxando. O alongamento é uma boa forma de fazer isso, já que trabalha diversas estruturas musculares, inclusive os tecidos conjuntivos e os tendões.

Com essas áreas aquecidas e preparadas, é mais difícil que elas atuem de forma inesperada. O resultado é a prevenção mais efetiva de uma lesão interna. Além do mais, o alongamento ajuda na melhoria da postura, visto que o seu objetivo é trabalhar os níveis de mobilidade e elasticidade das articulações e dos músculos.

Ainda por cima, contribui para uma maior consciência corporal, traz a sensação de bem-estar e favorece a disposição para realizar atividades físicas, principalmente pela segurança e pelo cuidado com o próprio corpo.

Sabendo de todos os benefícios que o alongamento proporciona, é inevitável separar 5 minutos para preparar o corpo para uma atividade física e mais alguns instantes para relaxá-lo após esses exercícios, não é mesmo?

Cuidados durante o alongamento

É importante ressaltar que qualquer pessoa pode fazer o alongamento, mesmo que não tenha a intenção de se exercitar. O melhor horário para essa atividade é pela manhã. Assim, o corpo é preparado para a rotina do dia com movimentos leves e estimulantes.

Com a musculatura relaxada, o humor melhora quase que instantaneamente, o que contribui para começar o dia bem.

Por isso, confira alguns detalhes para prestar atenção durante o alongamento!

Dê atenção aos grandes grupos musculares

Preze por movimentos que alongam as áreas mais propícias a serem tensionadas durante o dia ou em uma atividade física. Essas são a região do trapézio, do abdômen, da lombar e também os menores grupos musculares, como os ombros, as panturrilhas, os bíceps e os tríceps.

Evite sobrecarregar as articulações

Lembre-se de que o equilíbrio é fundamental para a saúde, portanto, não exagere! Aprenda as limitações do seu corpo e tente não sobrecarregar as articulações para que o efeito não seja o contrário do desejado. No início, vale a pena estar ao lado de um instrutor para que ele ensine corretamente os movimentos e as posições.

Cheque a sua postura

Enquanto se alonga, preste atenção à sua postura: mantenha a coluna reta, os quadris encaixados e os pés posicionados seguindo a linha do quadril. Dessa forma, você consegue mais equilíbrio físico e não corre o perigo de sobrecarregar uma articulação ou tensionar demais um músculo.

Mantenha a respiração constante

A respiração também faz parte do alongamento. Com inspirações e expirações ritmadas, o movimento tem mais fluidez e é fácil perceber um melhor desempenho. Uma dica é soltar todo o ar dos pulmões durante a contração de um músculo e expirar ao mesmo tempo em que relaxa.

Agora que você conhece a importância do alongamento, é hora de valorizá-lo durante o dia a dia ou em uma atividade física, certo? Evitar uma lesão ou desconforto no corpo é muito importante para ter mais qualidade de vida e garantir o bem-estar. Por isso, não deixe de se alongar regularmente e, principalmente, se sentir algum incômodo.

Gostou do conteúdo? Então aprenda também o que é a diástase abdominal e como a bandagem elástica pode ajudar!