Tratamento de tendinite: como tratar e aliviar a dor? - KinesioSport

Tratamento de tendinite: como tratar e aliviar a dor?

Caracterizada pela inflamação nos tendões — estruturas de ligamento dos músculos aos ossos —, a tendinite costuma se manifestar pelo inchaço, vermelhidão, calor e dor na área afetada. Os fatores mais comuns que causam essa doença são movimentos repetitivos, postura inadequada, estresse, excesso de esforço muscular, entre outros.

O tratamento de tendinite, quando feito adequadamente, oferece grandes chances de cura e pode ser feito de diversas maneiras. Ficou interessado em saber mais? É só continuar acompanhando o post!

Como funciona o tratamento de tendinite?

Normalmente, a tendinite se inicia com dores nas articulações (como joelhos, cotovelos, punhos etc.), que se difundem por toda a musculatura em volta. Essa dor tende a piorar quando o membro atingido é movimentado e, ainda mais, quando é realizado um esforço muito grande, como levantar um peso. Na maioria dos casos, também é notado o inchaço e vermelhidão, o que facilita identificar a inflamação.

Ao perceber a presença desses sintomas, é imprescindível consultar um médico. Ele poderá fazer o diagnóstico corretamente e, em seguida, sugerir o tratamento. Este último, geralmente, funciona com a combinação de compressas de gelo, fisioterapia e anti-inflamatórios. Além disso, o repouso também é extremamente importante para que o tendão se recupere e a tendinite seja totalmente curada.

No entanto, quando esse tratamento não é devidamente seguido, existe uma alta probabilidade de que a doença não seja totalmente curada, transformando-se em uma lesão crônica, que pode comprometer seriamente o tendão.

Como aliviar a dor e o desconforto causados pela tendinite?

Como você viu, a primeira e mais importante medida para se tomar a fim de aliviar o desconforto causado pela tendinite é o repouso. Utilizar tipoias, talas, bandagens ou outros acessórios para imobilizar a área afetada é uma boa opção.

O tempo de descanso será determinado pelo médico e deve ser seguido rigorosamente, pois sua prolongação também pode ser prejudicial — acarretando, por exemplo, atrofia muscular.

A fisioterapia é outra atividade recomendada e ela pode ser feita de diversas maneiras. As duas mais utilizadas são as massagens local e a realizada por meio de ultrassom, em que é aplicado um gel anti-inflamatório. Tratamento com laser, alongamentos e acupunturas também podem ajudar.

Em casa, a melhor forma de aliviar a dor é aplicando bolsas de gelo, por cerca de 20 minutos, aproximadamente 4 vezes ao dia.

Como prevenir a tendinite?

Uma das melhores formas de prevenir a tendinite é mantendo em dia os exames e consultas médicas, especialmente se você notar alguma dor ou sintoma de lesões musculares. Evitar carregar ou puxar objetos pesados também reduz as chances de prejudicar os tendões.

Além disso, manter a prática regular de atividades físicas junto a uma boa hidratação colabora para o aumento do condicionamento e, consequentemente, para a oxigenação dos músculos próximos aos tendões, uma vez que eles não têm vasos sanguíneos próprios.

Evitar a postura inadequada e movimentos repetitivos também é essencial para a prevenção da tendinite. Caso você estude ou trabalhe por muito tempo sentado, faça pausas regulares para se alongar e esticar os membros.

Por fim, é importante reforçar, mais uma vez, a importância do acompanhamento médico para o tratamento de tendinite. A automedicação ou a negligência das recomendações médicas pode piorar a inflamação, sendo necessário recorrer à intervenção cirúrgica, em alguns casos.

E aí, curtiu o post? Não se esqueça de nos seguir no Instagram, YouTube e deixar seu like na nossa página do Facebook!